sexta-feira, março 02, 2007

É só saudade...

Quando olhei para o céu hoje de manhã, com o sol nascendo e colorindo as nuvens de rosa e laranja dentro daquele azul bem clarinho, me deu uma súbita saudade. Dessas que apertam o peito. Uma saudade de algo que eu nem sei o que é. Não sei se de algum tempo que passou, ou de alguma pessoa que tenha ido embora, ou talvez de algo que nem tenha chegado ainda, que eu nem conheça e nem imagine. A tal saudade daquilo que eu desconheço. É estranho pensar que alguém possa sentir falta de algo que nem veio ainda, mas já ouvi esse termo dito por tantas pessoas e de tantas formas que sei que não sou a única a me sentir assim. Talvez a gente sinta tanta falta de tanta coisa que o sentimento não cabe no peito e acaba sentindo saudade do que está por vir. O que sei é que sinto saudades, muitas e o tempo todo. De tudo o que existe que possa ser sentido assim. Principalmente em manhãs com céu colorido ou noites de lua cheia.

2 comentários:

Maria Renata disse...

Um vazio inexplicável nessas horas, né? Eu acho que é vontade de compartilhar esses momentos... pelo menos no meu caso! Mas te entendo muito!
beijos

Vanessa disse...

E sabe q hoje senti o que vc disse: " saudades do que esta por vir"... eh algo inedito! Mas eh! Existe! hahahaha

bjsss