quarta-feira, maio 02, 2007

Festa, música, álcool e a sua ausência.

Foi muito boa a balada de sábado. Os amigos, a tequila, a vodka, a música... Só não foi muito bom naquela hora na pista de dança quando tinham quatro casais de amigos ao meu redor que estavam se beijando sempre que eu olhava p/ eles e eu ali sozinha querendo alguém, que poderia muito bem ser você, p/ dar um beijo também. Mas tudo bem, foi bom mesmo assim.
Foi engraçadíssima a festinha de segunda-feira à noite. Os amigos de infância, as músicas bregas, as esfihas, a garrafa de vinho que quase bebi toda sozinha... Mas não foi tão divertido quando sentei no sofá e pareceu que estava faltando alguém naquela sala e me deu um vazio que apesar de ter durado apenas alguns segundos foi tão grande, mas tão grande que eu pensei que ia desmaiar ali mesmo e tive que tirar forças não sei da onde p/ levantar e tentar esquecer de você de novo. E daí o resto continuou engraçado.
Foi super legal o churrasco de terça. A família reunida, a sessão de fotos, o forró, a batida de maracujá, o bolo de limão... Só não foi tão legal assim todo o tempo que eu fiquei angustiada achando que você não ia me ligar que ia deixar passar, que tinha esquecido. E então você ligou, e o resto do churrasco continuou legal.
Dessa vez não deu, mas eu vou aprender a comemorar meu aniversário sem você.

5 comentários:

Maria Renata disse...

Ah, o vazio é inevitável, e só o tempo pra preenchê-lo, msm. Mas uma hora, passa. Questão de costume.
Beijos e parabéns atrasado!!!

Vanessa disse...

E sentir essa ausencia eh sempre pior... mas nada como o tempo...
E cuide-se tambemmm!

beijosss

_bruno disse...

pra mim foi dificil tb, não poder ir na tua balada... saber q vc iria estar rodeada de casais se beijando e ia querer ter alguem pra beijar tb... e como eu não estava lá, morri de medo de que outra pessoa estivesse, outro que não eu. seria bom se eu tivesse ido, e pudesse matar esse seu desejo... mas pior ainda se eu tivesse ido e matasse seu desejo, e meu tb, mas depois tudo continuasse como está... tão frio, tão vazio, sem sentido.
juro que não cheguei a descartar a hipótese de não ligar, fingir que eu esqueci de você por pelo menos um dia... mas não seria legal com vc, seria falta de consideração, por isso liguei... por isso e pra ouvir sua voz tão alegre, e a festa de longe, no fundo.
Não é por falta de tentativas que eu não consigo deixar de te querer, de sonhar com vc, de desejar vc... é impossivel pra mim... eu não consigo parar de pensar em vc um segundo sequer, e isso me angustia tanto, me entristece, me transforma num cara diferente, muito diferente daquele que eu era, um cara com humor triste-sarcástico, que ao mesmo tempo que zoa com a própria desgraça se lamenta.
bom, o comentario ficou grande!
nada comparado ao tamanho da dor que eu to sentindo agora...

lilian disse...

=]

força amandaaaa querida


muá=*

Danilo Kato disse...

isso! divirta muito e seja sorridente, mesmo com os problemas viu Amanda ;*

feliz 21 anos!