segunda-feira, agosto 20, 2007

A Caçadora de Estrelas

Lá estava ela novamente olhando para o teto de seu quarto cheio de estrelas de plástico que brilham no escuro e desejando flutuar até as estrelas de verdade lá fora. Querendo largar o peso do mundo em qualquer canto da sala p/ poder chegar até a Lua, e passar o resto da eternidade olhando as constelações que parecem tão distantes. Imagina como seria bom poder chegar perto de uma estrela e ver todo aquele brilho de perto. No mínimo ficaria cega, mas por outro lado se ela podia sonhar em chegar até uma estrela, também poderia sonhar que ela não lhe faria nenhum mal. Olhava em volta e só enxergava o breu, o escuro, o vazio. Se imaginou dentro de seu coração, que assim como o quarto também se encontrava escuro e vazio. Queria poder enchê-lo de luz com a mesma facilidade com que iluminava o seu quarto, mas sabia que com corações as coisas eram bem mais complicadas. Não é qualquer um que pode chegar até o interruptor lá dentro. Ela mesma já tentara tantas vezes sem nenhum sucesso. E por isso ficava assim quando via uma borboleta colorida, um arco-íris ou uma flor do campo desabrochando. Sabia enxergar a beleza, mas doía tanto que por muitas vezes preferia não ver nada.
Preferia o escuro do quarto, as estrelas de plástico no teto e o vácuo a sua volta sonhando com o dia em que chegaria até as estrelas de verdade e o mundo voltaria a fazer sentido.

5 comentários:

Jornalismo Nu disse...

a caçadora de estrelas agora precisa de um pouco de calma, e de clareza pra poder seguir caçando as estrelas!;)

to sempre com vc aí dentro, ok?!
não esquece...

beijo, linda!

Danilo Kato disse...

eu gostaria de um quarto cheio de estrelas me deixando tranqüilo mesmo no escuro.

eu gostei desse texto...

Jana disse...

a gente começa assim sonhando com estrelas no teto e depois vai pro espaço kkkkkk

beijos

Amanda disse...

Eu sempre fico olhando pras estrelas, pensando que elas estão perto e ao mesmo tempo tão longe, como muitas coisas em nossas vidas... ai, ai.

Beijo, Amanda!

PS. Meu msn é menina_supervenenosa@hotmail.com (Não dá risada! kkkkkkkkkk)

André Melo disse...

Encontrar a pessoa certa para ligar esse interruptor é uma tarefa complicada... muito complicada... mas lembre-se que enquanto essa pessoa não aparece, o quarto não pode ficar no breu. Aprenda a ligar esse interruptor sozinha, pois só com a luz acesa é que a pessoa certa para ligá-lo aparece!