quinta-feira, agosto 09, 2007

A vida e seus jogos estúpidos

Sabe... não dá. Não consigo! Não sei fazer joguinhos mais. Eu soube um dia. Não por maldade, ou de propósito, mas sei lá porque não tinha outro jeito, simplesmente acontecia. E agora não consigo mais. Agora eu só sei que gosto de sinceridade, gosto de saber exatamente o que está acontecendo e em que terreno estou pisando. Mas as coisas não andam bem assim. Na verdade andam bem apagadas, distantes, quase inexistentes já. E mesmo assim eu não desencano por completo, não consigo simplesmente fingir que está tudo bem, não consigo parar de pensar e isso dá uma angústia. Queria ter mais coragem p/ certas coisas, mas do jeito que tudo está, com outras coisas em jogo, fica difícil tomar qualquer decisão. Enquanto isso fico esperando, coisa que odeio ter que fazer, p/ que o tempo me mostre que caminho deverei seguir. Ai como essa vida cansa a minha beleza!

PS: Continuo sem conseguir acessar o blog de casa, só da facu.
PS2: Estou amando o livro!!!

7 comentários:

Bruno Dumont disse...

fiquei confuso também, agora!
bom... sei lá!
bjus.

Bruno Dumont disse...

não apelei, não!
é que eu quis dizer...
vai... talvez sim, mas eu tenho que lutar com as armas disponíveis, não é mesmo?!
=***

Bruno Dumont disse...

qto ao template, eu ainda vou mudar!

' Jaya . disse...

Oi Amandaaa!

Pois é, vocês dominaram os comentários. Rs.

Ah, então, faço faculdade de Direito sim. E você? Faz faculdade de que? :)

Olha, vou te contar, o único jogo que gosto de jogar é o "scrabble" e pronto. Os outros eu não faço questão nem de aprender. Pra que viver da maneira errada?

Um beijo.

Jana disse...

Eu acho que quando a vida vai passando a gente vai querendo as coisas de forma mais rapida, não temos mais tempo, nem saco pra perder com tantos joguinhos!

Sou assim tb.

Beijos

Mila disse...

Sabe, acho que "jogos" fazem parte da sobrevivência.

Thiago Vandré disse...

ah, consegui! enfim, consegui acessar os blogs!

hmmm, mundo de sofia é um dos grandes livros que li na minha vida (grande em todos os sentidos! 500 e poucas páginas, né?).

e qto a este post, se eu puder dar pitaco: tenha a consciência limpa com vc mesmo... seja vc a cara limpa, daí se der merda, ninguém vai poder falar que a culpa é sua (seja lá o que for o assunto, hahaha...)

beijão!