quinta-feira, junho 07, 2007

O Tempo

Estava analisando o tempo outro dia. Fiquei pensando como ele tem passado rápido, mesmo que às vezes pareça passar tão devagar. Um amigo um dia disse que depois dos 20 anos o tempo não passa, voa. Ele devia ter uns 21 anos e eu 16, e achei que ele estava exagerando e não acreditei muito. Hoje que quem tem 21 sou eu, percebo que ele estava certo e comecei a pensar da onde vinha tal afirmação. Cheguei a conclusão que não é o tempo que passa mais rápido, afinal tempo é relativo p/ cada pessoa. O tempo passa normal, como sempre passou, mas a gente percebe de forma diferente. Quando temos nossos 15, 16 anos por mais cursos e coisas que fazemos, a responsabilidade é menor e a gente sempre consegue arranjar tempo p/ fazer coisas que gostamos. Dormimos mais, viajamos mais, namoramos mais... Sempre dá tempo de fazer tudo o que queremos, ou pelo menos a maioria das coisas. Quando chegamos aos 19, 20 as coisas mudam. As responsabilidades aumentam consideravelmente e a gente ocupa parte do tempo trabalhando e a outra parte estudando, o que sobra a gente usa p/ dormir. Eu uso pelo menos. Daí o tempo passa sem ser notado e quando a gente pára p/ notar, parece que passou muito tempo. Os aniversários parecem chegar mais rápido, as pessoas ao seu redor parecem envelhecer mais rápido também. Isso porque a cabeça de todo mundo está sempre tão ocupada que parece que não dá p/ parar e enxergar o tempo passando.
É legal fazer essas analises e descobrir a causa de certas coisas. O ruim é saber que não há muito a se fazer p/ mudar isso. Só se eu largar a faculdade, o trabalho e viver de brisa o resto da vida, mas não dá a vida não é feita disso. O que dá p/ fazer é tentar aproveitar melhor o tempo que resta p/ se fazer nada e não se deixar levar pelo tempo sem se preocupar que ele está passando e levando a vida com ele.
Pensem nisso.

8 comentários:

Danilo Kato disse...

realmente! agora parece que os aniversários chegam rápido e todos envelhecem com uma velocidade incrível. mas olha... não sei se é por eu não ter 21 anos [eu acho que não é por isso], mas eu lembro das coisas que fiz semana passada e sinto que aquilo já faz tanto tempo, eu sentia o passado próximo mais distante. será que eu estou lento no tempo ou estou doido mesmo?

de qualquer forma é agradável. =]
beijos querida =*

Jana disse...

é essa impressão me acompanha todo dia!

Beijos

Mariana Lima disse...

que bom que gostou. mas não sei quando chegaremos em sampa... mas de todo, fique ligada nas datas da turnê, talvez dê pra vc ir... rs. e obrigada! [aliás, eu sou a de amarelo e piruca laranja...]

Grace disse...

Bom, na verdade eu acho que percebemos melhor o passar do tempo pois realmente aprendemos a valorizá-lo.

Não estamos preocupados em "envelhecer rápido" para curtir a liberdade que a idade traz, e sim em construirmos algo que nos dê a estabilidade que precisamos.

Ainda que sobre pouquíssimo tempo, saiba aproveitá-lo da melhor forma possível!

Afinal, 21 anos ainda é só o começo de tudo!

Nanah* disse...

Que posso falar, a não ser concordar com tal relato? De minha parte, além de pensar da mesma forma, acredito que é nessas poucas horas em que vc não faz suas responsabilidades diárias, que existe alguns momentos bons, que sentimos falta depois de um tempo, acreditando que aquele tempo era bom, e até esquecendo de tanta correria. Já parou pra pensar, qtos tempos bons vc teve, dignos de serem lembrados depois, mesmo com 75% de trabalho e estudo? Alias, já pensou até mesmo que nessas horas "gastas" com trabalho e estudo, qto que não foi bem aproveitado com risadas, e conversas saudáveis?
Eu fico feliz em saber, que mesmo com essa correria toda, a gnt sempre acha um horáriozinho pra reabraçar os amigos, comer esfihas, e cantar breguices...
te amu!
Bjus

lili disse...

eh vero...
a gte vai ficando véio e nem percebe. mas deus me livre virar gte gde. sonho poder pagar minhas contas e continuar sendo a bocó q eu sou =P

=*

Mila disse...

Eu acho que ando fazendo tudo muito cedo demais. Fora do tempo, de qualquer jeito. Ai ai ai...

Carlos disse...

Concordo muito com tudo que tu disse, moça. È por isso que a gente deve sempre tentar aproveitar bem o pouco tempo disponível que temos, já que nessa "vida adulta" ele é mais escasso.


beijo.