domingo, novembro 04, 2007

Daquilo que eu não entendo

Tem alguma coisa estranha entre a gente. Nunca consigo me manter confortável ao seu lado. Eu tento não pensar em você e quando durmo lá está você nos meus sonhos. E vestido de terno! Tava tão lindo... Pena que era só um sonho. Talvez você suma da minha vida e estranhamente eu gosto dessa idéia, porque assim te esqueço de vez. Mesmo tendo essa relação estranha contigo de ter você sem ter, de ter acabado sem ter na verdade, de você evitar de falar de outras na minha frente o que eu acho no mínimo interessante, de receber e-mails sem estar esperando, de você surgir na minha frente só p/ conversar comigo por 10 minutos que seja mesmo sem ter qualquer assunto p/ conversarmos, mesmo assim acho que prefiro ter você longe, ou não ter você longe no caso. Acho tudo tão confuso e talvez essa incerteza, esse mistério que te ronda que me deixe tão atraída, que me faça gostar de você desse jeito como se eu tivesse 15 anos de idade. Mas apesar do gostar ser de 15 anos, a experiência que vem junto com ele me impede de ver as coisas de forma cor-de-rosa. Prefiro assim, você como meu amigo, um amigo como jamais tive, sem conseguir conversar sobre tudo, mas que me faz muito bem só de estar ao meu lado de vez em quando.

9 comentários:

Aninha disse...

it´s so sad =/
menina num fika assim naum, eh taum triste vc pensar assim, naum sei quais saum teus motivos, mas naum perka as esperanças.
obs: nu meu blog o tal d gustavo eh um nome ficticio pra um amor q ainda num conheci, rs ^^
=*

Ana Fernandes disse...

Credo, parece que é a minha mente no blog vizinho e com outras palavras.

Minha mente, como eu resolvo essa situação?
Me afasto ou preservo a amizade?

Eu não saberia ficar longe dele...

' Jaya . disse...

Primeiro: AMEI o template novo. Lindo lindo liiiiiiindo!

Sobre o post: Outra vez eu chego aqui e me identifico de ficar com a boca aberta. Todos os detalhes. Essa história de ter sem ter, essa estranheza que se dissolve. Esse amor indeciso. E no fim o que importa é o sentir bem, o adocicar dos nossos dias.

A escolha mais correta. E os sonhos! Esses sonhos que nos levam pra lá, pra onde a gente queria estar, assim, sem querer. Rs.

Um beijo pra você!
Ótima semana.
=*

Garota Enxaqueca disse...

Curta e grossa, guapa:
Corta o contato.
E ponto final.

Scheidex disse...

hum...
faz o que te fizer melhor...
=)

Gabi disse...

AMEI o novo template, super bombante!!!
BEIJOS!!

Renatinha Renault disse...

hummmmm
tenho um amigo assim tbm
mas é o contrario...
tenho ele mas nao o vejo!!!
ai ai ai
kkkkkkkkk
bjok

Carlos Howes disse...

Durante um bom tempo é complicado querer enxergar algo de uma maneira, quando seu ímpeto insiste para que se enxergue de outra. È uma luta doída. Ninguém merece.

Alle Nascimento disse...

tudo muito confusso moça...
mas fala serio, quando agente recebe emails (ainda mais se for daquela pessoa, de que alguma forma meXe um pouco), é muito bom! (pelo menos até lermos o email)

bjo

ALLE :)