segunda-feira, abril 13, 2009

Santa Chuva

"Vai chover de novo,
deu na tv que o povo já se cansou de tanto o céu desabar,
E pede a um santo daqui que reza a ajuda de Deus,
mas nada pode fazer se a chuva quer é trazer você pra mim,

Vem cá que tá me dando uma vontade de chorar,
Não faz assim, não vá pra lá, meu coração vai se entregar à tempestade

Quem é você pra me chamar aqui se nada aconteceu?
Me diz, foi só amor ou medo de ficar sozinho outra vez?

Cadê aquela outra mulher?
Você me parecia tão bem,
A chuva já passou por aqui, eu mesma que cuidei de secar,

Quem foi que te ensinou a rezar?
Que santo vai brigar por você?
Que povo aprova o que você fez?
Devolve aquela minha tv que eu vou de vez,

Não há porque chorar por um amor que já morreu,
Deixa pra lá, eu vou, adeus.
Meu coração já se cansou de falsidade"

Marcelo Camelo


Sei lá porque, mas sempre que chove me vem essa música na cabeça...

12 comentários:

Elton... disse...

Muitas coisas me remetem a Músicas e vice-versa.

Bill Falcão disse...

A chuva faz a gente ficar quieto e pensando. Inclusive em músicas!
Bjoooooooo!!!!!!!!!

H. 0.9. disse...

Sempre que chove, me vêm tantas músicas à cabeça... Mas ultimamente, só "Hunter", do Portishead... é simplesmente LINDA!!!

LIEBELIEBELIEBE!!!

E, como disse pra Naná, levemente alterado

Somos velhos, usamos roupas escuras, ouvimos músicas tristes mas somos muito legais!!!

=)

Natalia Xavier disse...

Triste =/
Quero ouvir o cd dele depois.

Bjos!

berinjelinha disse...

Oie
como estamos hein??
espero q bem....
=***

Faust Sotam disse...

Quando Deus chora, a tempestade abate-se, a chuva inunda, tudo se molha e tudo se lava. Passei e gostei.

Faust Sotam disse...

Quando Deus chora, a tempestade abate-se, a chuva inunda, tudo se molha e tudo se lava. Passei e gostei.

bruno dumont. disse...

e sempre que ela toca, eu desabo em chuva...

alex e! disse...

...oi, Amanda. Bom, sem querer dar uma de psicanalista de ocasião, talvez seja porque a chuva nos traga tanto uma noção de melancolia como de renovação, como se, ao mesmo tempo, lavássemos a alma e pensássemos em tudo aquilo que se vai, e que estava de certo modo se acumulando e pesando pelo de-dentro da gente...

bju do alex......

Anônimo disse...

quer ir na casa de swing comigo?
aleferreira74@hotmail.com

Ivan Bittencourt disse...

Quando chove eu lembro daquela música assim... "Ô chuva, eu peço que caia devagar. Só molhe esse pove de alegria, para nunca mais chorar" do falamansa.

:)

http://memoriasealem.wordpress.com

dá uma passadinha lá
abraços
t+

Ricardo Rodrigues disse...

eu gosto dessa... "deixa pra lá e eu vou... adeus"... bom pra chuva também é oasis...