domingo, abril 05, 2009

Só pra desabafar

É... eu sei que sou nervosa demais às vezes.
Mas eu juro que tento me controlar.
Tento mesmo.
Mas nem sempre consigo.
Na verdade eu não era assim, sabe?
Queria ter te conhecido antes.
Ou ter gostado de você antes para você aproveitar mais meu eu legal e menos meu eu chato.
Mas já foi.
Agora eu sou chata, ranzinza e reclamona.
E você fica lá do meu lado o tempo todo aguentando calado, ou rindo da minha cara.
Até quando será que você vai ter paciência para rir das minhas explosões sem necessidade?
Acho que vou me esforçar mais.
Pra você não se cansar de mim, sabe?
Não quero que isso aconteça.
Não quero que você se canse de mim.
E não quero me cansar de você por causa do mau-humor que toma conta de mim do nada às vezes.
Porque pode parecer exagero ou bobeira de gente apaixonada, mas às vezes você me parece bom demais para ser verdade.
E eu fico me perguntando o que eu tava fazendo que não tinha reparado em você antes.
E pensar em você me deixa bem demais.
Mas pensar em você em outro lugar que não seja ao meu lado é muito estranho.
E daqui um tempo isso tudo que tá escrito aqui pode parecer meio besta ou sem sentido, ou talvez não, eu não sei... mas sei que é assim que me sinto agora e eu precisava pôr para fora de algum jeito.

5 comentários:

Jonatas disse...

Meu amor, confesso que na época que nos conhecemos, lá atrás, bem antes de começarmos a nos entender, te achava uma chatona, rss.
Mas as caronas diárias e as brincadeiras na hora do intervalo, me fez perceber que tínhamos muito em comum.
Minha paciência não é condicional, assim eu sou e acho que sempre serei, já te conheço a anos e se estou com você é porque aceito você do jeitinho que é.
Depois de cinco meses juntos a certeza que tenho é que a cada dia que passa, sou mais apaixonado, e se um dia eu vir a perder a paciência, pode jogar essas palavras na minha cara para me lembrar o quanto gosto de você.
Sabe que não sou tão bom com palavras como você, mas vejo em você muito mas do que eu preciso.

alex e! disse...

...nossa, que lindo esse diálogo entre o post e o comentário, tanto que não há nada o que eu possa comentar a respeito, a não ser dizer que é lendo coisas assim que consigo enxergar que ainda há amor nesse mundo, e que ainda é possível acreditar que, apesar de tudo, ele pode (e deve) existir/resistir...

bju do alex....

Babirah disse...

*Cantando - Love is in the air*

Xuxu calma.. todos nós cometemos erros, e akeles q nos acompanham, nos entendem e acima de tudo nos perdoa. Ninguem é perfeito e sendo assim escapa palavras e atos q machucam, mas sempre ha uma explicação e compreensão é tudo num relacionamento ;)
Pelo oq eu vejo vc esta em boas mãos e não se culpe por estar reclamona, todo mundo tem uma fase de chatisse, ja ja passa e com certeza ele do seu lado te fara bem, assim como todos q te amam!!
Eca, como eu to gay hahahahhahahha
Qqer chilike me liga q eh melhor sou pessima para escrever hahahhahahaha
Passei tb pra te falar q tem selinhos pra vc no meu blog!!!
Se cuida!!
Beijinhos!

Fee disse...

Ah, fala sério! Você sou eu, garota. Meu bofe é chamado de santo por me aturar. Mas é desse jeitinho aí que seu amor disse, não tem que haver condições para se amar alguém.

Quanto às explosões, eu tive de aquietar, com muito esforço, as minhas. Isso por que vi muita gente de quem eu gosto à beça me olhando com olhos tristes e decepcionados com as minhas grosserias. Não quero perder os meus. Então, tenho feito muitos, muitos esforços para conter os meus ímpetos, até por que, o mundo já anda tão cruel, não é mesmo?

Beeeijo, Amandita (hahaha, você deve odiar esse apelidinho cretino, né?!).

Bill Falcão disse...

Devemos sempre ter esperança então, né?
Bjooooo!!!!!