sexta-feira, setembro 18, 2009

Convivendo

É fácil gostar para sempre de alguém se você não convive com essa pessoa. É fácil amar alguém que você vê uma vez por ano ou uma vez por mês.
A convivência pode acabar com um relacionamento. Pode acabar até com uma pessoa. Relevar certas coisas, ignorar tantas outras, isso é difícil. Engolir sapos, como dizem por aí. E por mais que se ame muito alguém, às vezes dá vontade sim de sumir e deixar todo mundo para trás. Dá vontade de desconviver um pouco, para fechar as mágoas abertas e sentir um pouco de saudade. Para renovar aquilo que está tão gasto e usado, que nem parecia mais que tinha conserto.

9 comentários:

Vanessa Guilherme disse...

Mandi...vc esta COMPLETAMENTE CERTA...nao tenho nem o q falar!Vc resumiu mtas mtas coisas q senti em 5 anos ;)

N.Xavier disse...

Uma amiga minha casada disse que seu casamento melhorou mto depois que o marido foi trabalhar em outro estado. hehehehehe

Segundo ela, é bom pra sentir saudade, rs não sei né?

Ah, a serenata quem fez foi o Elvis =) Gosto demais dessa música.

Bjus e td de bom

Vanessa disse...

Verdade verdadeira!
adorei o post!

:)

Jaya disse...

Eu discordo.

Acho que amar é fácil, quando se tem. Longe ou perto, pelo avesso ou não.

Anônimo disse...

Querida,
Não se distancie daquilo que vc ainda acredita.
O desgaste acontece, e é tedioso. Eu tinha um casamento sólido, feliz, completo...mas sem paixão. Neste ímpido de querer renovar a sedução, a paixão sempre queremos achar longe de quem amamos, e isso fez com que tudo acabasse entre nós.
Vcs podem dizer: Ah! então não existia amor!
Engano, existia e muito. Apenas achamos mais fácil dar uma "apimentada" nos afastando um pouco, para dar aquela saudades que ha tanto não sentíamos. Resolvemos nos afastar um pouco saindo com amigos, indo em lugares sozinhos e contar as nossas experiencias qdo voltávamos. Resumindo: quem está na chuva é para se molhar! Ele se molhou e muito.
Se apaixonou por outra, e viveu aquela paixão como nunca. Nos separamos. Hoje arrependido quer voltar, por mais amor que exista entre nós, muitas coisas se perderam: confiança, cumplicidade, segurança, respeito...etc...

Existe o cansaço, o desgaste, a rotina? sim existem...mas tente renovar as forças dentro do relacionamento, esta conversa de que se afastando a saudade aumenta, não dá certo. Pois, pode aparecer a vontade de querer ficar livre de tudo e de todos.
Se vc o ama, e tem certeza do amor dele...tentem juntos resgatar o amor inicial, se deem uma chance, um recomeço... Amiga, mesmo tendo toda certeza deste amor, sempre, eu disse sempre desconfie, pois nunca sabemos e conhecemos nossos parceiros por completo. A minha segurança era tão grande, os sinais eram tão certos que nem eu, nem ele, nem ninguem da nossa família acreditou que algo assim pudesse acontecer. Faz dois anos que estou separada, e mesmo arrependido, faz dois anos que ele está com ela. Amor é algo muito além do que rotina, saudade, desgaste........
beijos, se cuide, e faça voltar a mulher apaixonada, atenciosa e feliz dentro de vc!

H. 0.9 disse...

É que, convivendo, você SABE se ama a verdade da pessoa ou a sua verdade idealizada.

Carlos Howes disse...

A convivência e a rotina são terríveis para qualquer relacionamento. Se as duas pessoas não tiverem um pouco de tolerância, respeito e não derem um pouco de tempo para si mesmas, não há relacionamento que sobreviva.

Bê Matos disse...

Posso concordar com você, Amanda? :)

Pois é, ontem mesmo tive uma decepção por causa da convicência. x_x

gostei daqui. beijos :*

Scheer disse...

Viver todos dias com a mesma pessoa que um conversava de vez em quando traz um choque mesmo, mas socializar e ver a verdadeira face das pessoas É melhor do que casa com ela e não conheçe-la!
Bom tema!
Boa discussão!
Beijo