quinta-feira, janeiro 24, 2008

A guerra e mais um selo

Terminei de ler "A menina que Roubava Livros". O livro é perfeito! Apesar de tratar de um assunto pesado, pois fala sobre a 2ª Guerra Mundial e Hitler, o livro é leve. Mesmo sendo triste, não é o tipo de livro que te faz sentir mal. Confesso que chorei no final, mas a história é muito bonita. Me deixou um pouco indignada com o Hitler e me fez começar a ler o livro "Hitler, por ele mesmo" da editora Martin Claret, para eu tentar entender o que se passava na cabeça dele, para causar tanta destruição e tanta tristeza. Pelo que já li ele só era um cara presunçoso, arrogante e maluco que tinha lábia e conseguia fazer com que milhares de pessoas concordassem com as suas idéias de dominar o mundo. É impressionante como somente uma pessoa pode comandar tantas mortes. Isso tudo já aconteceu há muito tempo, mas deixou marcas tão profundas na humanidade que acredito que jamais será esquecido.
Quanto "A menina que Roubava Livros", recomendo mesmo. O autor definitivamente tem o dom da escrita.
***


Mudando de assunto a Jaya me deu mais um selinho. Ela diz que o É só saudade até que não é um mal blog. Adorei!

E os indicados são:
Nanah
Edu
Alex
Lilian

Beijos!

16 comentários:

Arthur Araújo disse...

Hummm... interessante, deu vontade de ler!! hehhhehehe

Vou me lembrar desse livro no próximo livro que eu for comprar.

Bjsss, t+

Juliana Caribé disse...

"A menina que roubava livros" é realmente singular.
Tem outro livro do mesmo autor muito interessante também. Chama-se "Eu sou o mensageiro" (acho que é isso).
Beijinhos.

Jair Eduardo de Oliveira. disse...

Já ouvir falar desse livro, A menina que roubava livros.
Roubar livros é o que tenho vontade de fazer quando entro numa biblioteca, mas não faço, porque penso nas outras pessoas que poderiam aprender muito lendo aqueles livros!
É magnífico as terapias por livros, uma simples leitura pode nos levar a profunda reflexões nao é mesmo? veja o blog, veja o seu blog por exemplo. O quando ele diz sobre sentimentos, sobre pensamentos e sobre você... É isso que a leitura faz, ela nos enche de informacoes-pensamentos e depois, faz com que criemos nossa propria considerações!
Sobre seu conceito sobre o Hitler, geralmente esse tipo de ditares sao presunçosos, egoístas e preso em si. No fundo, no fundo eles são corvade que nao se conformem com a derrota. Acham que estao absolutamente certo e tem medo de ouvir opnioes diferentes, sao pessoas fechadas!

Muito obrigado pelo Selo. fico até contente em saber que você prestigia meu blog, obrigando BIA!

Carol disse...

A minha mãe está lendo esse livro, depois vou ler também, a capa desse livro é linda :)
E deve ser bom mesmo, já está algumas semanas em 1º na Veja.

Beijos :*

Dominique disse...

Oi, Amanda, vim agradecer sua solidariedade sobre meu temporário bloqueio literário. E acredito, como você, que essas coisas acontecem em épocas de estresse e passam tão rapidamente quanto. Mais uma vez, obrigada.

Mas, mudando de assunto, estou começando e ler o livro "A Menina que Roubava Livros" que você recomendou. Eu ainda estou numa das primeiras páginas mas não imaginava que falasse sobre a 2ª Guerra Mundial. Um tema tão forte e difícil. E, como você mesma disse, que deixou inúmeras cicatrizes que ainda hoje se mostram. É uma pena que pessoas tão perspicazes e inteligentes, como Hitler foi, não pudessem ter também a capacidade de usar tudo isso para fazer o bem. Acho que o maior problema não é nascer com uma lábia como a do Hitler, mas ter seguidores cegos que são capazes de tudo para impor o que acham que é certo. As sequelas da 2ª Guerra ainda perduram em momentos como as ditaduras na América Latina ou as guerras civis na Àfrica, Oriente e etc. São as chagas da intolerância e do preconceito que ficaram de herança para as gerações do século XXI mudarem e extinguirem.

Mas chega de tristeza e falemos de coisa boa! Parabéns pelo selo! Seu blog é maravilhoso e super interessante. "Não é um mal blog" é fichinha perto do que ele merece de agrado! :)

Um abração, querida!

Li disse...

quero ler esse livro tb! :)

outro selinho... gracias morena!!!

Carlos Howes disse...

Você é a terceira pessoa que me indica bem este livro. Vou atrás dele para ler. =)

Aninha disse...

hum, jah ouvi flar deste livro, mas nunca o li
rs
assim q puder vou ler
bjs

Andréia disse...

me interessei pelo livro o tipo de leitura que me agrada!! assim que terminar de ler Elite da Tropa vou correr na livraria em busca desse!

bjux e parabens pelo blog pela indicação

Átila Siqueira. disse...

Oi, gostei muito de seu blog, o achei muito bacana, e quanto ao livro que indicou eu estou para lê-lo em breve, e agora, com sua indicação, fiquei mais curioso e vou ver se o leio nesses dias para a frente.

Bom, como gostei muito de seu blog eu vou colocar um link de sua página no meu blog, e depois me visite lá se quiser.

atilasiqueira.blogspot.com

Um grande abraço,
Átila Siqueira.

Allan H. Poe disse...

Eu estou tão emocionado em conseguir escrever aqui [milagre] que me fugiram as palavras. Vou ler o post novamente.

Até o verdadeiro comentário.

Allan H. Poe disse...

É, sem comentários para o Führer... porém, mais estúpido que alguém que defende uma suposta supremacia racial [os únicos supremos são os EBMers... rsrsrs], é um pessoal que, mesmo vendo onde isso levou, ainda babam ovo para um imbecil desses!!! E não falo só de White Powers, não. Falo de qualquer otário que defenda qualquer visão precnceituosa, desde o anti-semitismo até o próprio machismo... não são muito diferentes.

[Escrevo contente ouvindo Laura Pausini (que NÃO É GAY MUSIC!!!) no iPod!!! =)]

Solitudine de ti, carino mio.

Un baccio!

[trocando momentaneamente o alemão pelo italiano, para, contraditóriamente, não apoiar o Hitler em prol do Mussolini, que, "all in all", é tudo farinha do mesmo saco... rsrsrs]

Jana disse...

Eu estou louca pra ler esse livro, alguém disse que ia me emprestar mas eu não consigo me lembrar quem rsrsrs

Beijos

Marcela disse...

Eu tenho esse livro!
É perfeito mesmo... gosto exatamente do que tu disse, de como ele é escrito, trata de coisas grandes, mas é leve.
Eu chorei o livro tudo... afe..

Poarabens pelo selinho minha linda!

Um beijo!

alex e! disse...

...comecei escrevendo sobre o outro post quando vi que havia outro aqui... Nunca li "A menina...", apesar de já ter ouvido falar muito (bem) dele. Agora com esse seu comentário também tão positivo, vou certamente procurá-lo. Quanto ao Hitler, é de fato uma pena ter sido alguém tão inteligente e tão estúpido ao mesmo tempo. Como uma pessoa com as inegáveis habilidades dele possa ter cometido uma das maiores atrocidades da História humana é simplesmente inexplicável e injustificável... E tô vendo que não é só Sampa que merece parabéns: cê também merece, por um mais que merecido selo a um blog dos mais interessantes da rede... e vem cá, esse alex aí sou eu mesmo??? precisei até clicar em cima pra ter certeza... bom, nem preciso dizer que fiquei surpreso (com a surpresa!...) de ter sido indicado a receber meu primeiro selo. Obrigado, Amanda querida, nunca vou me esquecer desse teu gesto de consideração comigo. Um beijo pra ti...

Bill disse...

O problema, Amanda, é que existiam nazistas até mais nazistas do que Hitler. Ele só chegou ao poder porque existiam muitos nazistas apoiando. E eles ainda estão por aí, não se iluda. O pesadelo ainda não acabou. Só tá controlado.
Bjos!